quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Ciúme & Posse.



Ontem enquanto te olhava dormir na minha cama, como uma criança que brincou de mais, estive pensando na relatividade de tudo que encontro em mim. Então me deparo com a ciúme e a posse em um único relacionamento.
Ambos são alternadas, hora-a- hora .

Mais ai vem minha indagação :
Ciúme e posse são a mesma coisa?
Sem dúvida, meu amado. Mas, nascem de psicodinâmicas diferentes.

Ciúme é: “eu vi primeiro e ninguém tasca!” Posse é domínio.

No ciúme, eu sou dono do teu corpo e me mordo, enlouqueço, se alguém quer pegar só um pedacinho teu. Na posse eu sou dono da tua vida e fico louca se algo foge ao meu controle.

Ambos são territoriais. O meu ciúme me faz sofrer pelo teu passado, presente e futuro . me encontro em repleto devaneio e sofro por pensar em quem você já beijou e por imaginar outra pessoa pudesse lhe beijar.
Já a minha posse precisa sentir que domina seu território, sabe os teus horários .
- Que horas chega, sai, dorme e come.

O meu ciúme acha que todo mundo está olhando pro amor dele. É vítima da sua própria imaginação. A minha posse só começa a ficar nervoso se algo foge do seu script. 15 minutos de atraso é o tempo limite que consegue segurar a onda. Se você sempre chega em casa as 10 e são 10h30 e você ainda não apareceu? É o início de um furacão e talvez você quem sofre as conseqüências .Eu ando de um lado pro outro, parecendo um tigre enjaulado. Olho o celular a cada 10 segundos e começo a torcer em segredo pra alguma coisa ter acontecido que justifique você não ter aparecido até agora!

O meu ciúme pega pelo braço, chora, faz escândalo. Perde a linha, se humilha. Minha posse é frio, vingativo, estrategista. A dor que ela sentiu por se perceber fora do controle será repassada para a você com juros e correção monetária.

Ao fim com o abrir dos teus olhos, por causa do despertador gritante, percebo que sou um monstro a busca do domínio completo da tua vida, unindo Ciúme e Posse, em um só amor.

[...] É a tal da pimenta, na medida é uma delícia; colocar demais, estraga o prato!


Jenniffer V. Alcantara

1 comentários:

thiago disse...

amor cada dia melhorando esse texto está atimo....*-*

Postar um comentário